Histórico do Portfólio

O sucesso da QGEP é resultado do posicionamento estratégico da empresa desde os primeiros movimentos de abertura do mercado de óleo e gás brasileiro para o setor privado. Seu portfólio cresceu bastante desde o início da sua formação, já no Round Zero, em 1998, participando ativamente das rodadas de licitação subsequentes da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP
A linha do tempo abaixo sintetiza a formação do portfólio da Companhia:

 

O primeiro poço exploratório em que participou como consorciada foi perfurado em 2000 e descobriu o Campo de Manati, um dos maiores campos de gás não associado em produção no Brasil. Seu primeiro gás ocorreu em 2007 e, atualmente, o Campo é a principal fonte de receita da QGEP.

Durante o ano de 2003, a empresa teve sua primeira experiência com a produção do Campo de Coral, na Bacia de Santos, que produziu óleo leve até 2009. 

Seguindo com sua estratégia de crescimento, em 2011, a QGEP deu um passo importante ao adquirir participação em dois ativos na área de exclusão do pré-sal da Bacia de Santos: o Bloco BS-4, onde atua como operadora da concessão e prevê o primeiro óleo do Sistema de Produção Antecipada do Campo de Atlanta para 2018; e o Bloco BM-S-8, em que, em julho de 2017, realizou um bem sucedido farm-out após 6 anos como concessionário, onde realizou a importante descoberta de Carcará. 

Em 2013, com a bem-sucedida participação na 11ª Rodada de Licitações da ANP, a Companhia adquiriu direitos de concessão em 8 blocos, sendo 5 como operadora.  Além de diversificar e balancear o portfólio, foram firmadas novas parcerias com importantes empresas internacionais e regionais. Assim, a QGEP estendeu o horizonte de suas atividades exploratórias. 

Após uma revisão técnica e econômica, no início de 2015, a QGEP decidiu pela não renovação do acordo de farm in da Concessão BM-C-27. Anunciado em 2012, o acordo havia sido assinado com a Petrobras para a cessão de 30% dos direitos de exploração e produção do ativo localizado na Bacia de Campos.

Na 13ª Rodada de Licitações da ANP, realizada em outubro de 2015, a QGEP adquiriu direitos de concessão e operação em dois blocos offshore localizados na Bacia de Sergipe-Alagoas, tradicional bacia produtora brasileira com descobertas de excelente qualidade em fase de delimitação. A aquisição destes dois blocos é fruto da gestão ativa do portfólio da Companhia e irá contribuir para a consolidação da carteira exploratória da QGEP.

No final de 2015, a QGEP anunciou a devolução do Bloco BM-J-2 à ANP, após cumprir todos os compromissos assumidos com a ANP. A decisão da devolução do Bloco seguiu a estratégia da Companhia de manter uma gestão dinâmica de seu portfólio e foi tomada com base nos resultados das análises técnica e econômica, bem como os desafios ambientais para as operações na área.

Após seis anos na concessão, a companhia divulgou no início do segundo semestre de 2017, a venda de sua participação de 10% no Bloco BM-S-8 por US$379 milhões. A QGEP adquiriu essa participação em 2011 por US$175 milhões e, em 2012, o consórcio realizou a descoberta de Carcará.  A transação bem sucedida foi realizada após a análise estratégica da permanência do ativo no portfólio, bem como a falta de visibilidade em relação à data efetiva do primeiro óleo

Os ativos estão listados no quadro abaixo:

Bloco/
Concessão
Campo/
Prospecto
Estágio Part. QGEP Operador do Bloco Parceiros Categ. de Recursos Fluido
Bacia Foz do Amazonas
FZA-M-90 - Exp. 100% QGEP

-

Prospectivo Óleo
Bacia do Pará-Maranhão          
PAMA-M-265 - Exp. 100% QGEP - Prospectivo Óleo
PAMA-M-337 -

Exp.

100% QGEP - Prospectivo Óleo
Bacia do Ceará    
CE-M-661 -

Exp.

25% Total

Total 45%

Premier Oil 30%

Prospectivo Óleo
Bacia de Pernambuco-Paraíba        
PEPB-M-894 -

Exp.

30% QGEP Petra Energia 70% Prospectivo Óleo
PEPB-M-896 -

Exp.

30% QGEP Petra Energia 70% Prospectivo Óleo
Bacia de Camamu-Almada          

CAL-M-372 

CAM#01

Exp.

20% Petrobras

Petrobras 60%
EP Energy 20%

Prospectivo Óleo
BCAM-40 Camarão Norte

Desenv.

45% Petrobras

Petrobras 35%
Geopark 10%
Brasoil 10%

Contingente Gás
BCAM-40 Manati

Prod.

45% Petrobras

Petrobras 35%
Geopark 10%
Brasoil 10%

Reservas Gás
Bacia do Espírito Santo    
ES-M-598 -

Exp.

20% Statoil

Statoil 40%
Petrobras 40%

Prospectivo Óleo
ES-M-673 -

Exp.

20% Statoil

Statoil 40%
Petrobras 40%

Prospectivo Óleo
Bacia de Santos    
BS-4 Atlanta

Desenv.

30% QGEP

OGX 40%
Barra Energia 30%

Reservas Óleo
BS-4 Oliva

Desenv.

30% QGEP OGX 40%
Barra Energia 30%
Contingente Óleo
BS-4 Piapara

Exp.

30% QGEP OGX 40%
Barra Energia 30%
Prospectivo Óleo
Bacia de Sergipe-Alagoas    
SEAL-M-351 - Exp. 30% Exxon Exxon 50%
Murphy Oil 20%
Prospectivo Óleo
SEAL-M-428 - Exp. 30% Exxon Exxon 50%
Murphy Oil 20%
Prospectivo Óleo
SEAL-M-501 - Exp. 30% Exxon Exxon 50%
Murphy Oil 20%
Prospectivo Óleo
SEAL-M-503 - Exp. 30% Exxon Exxon 50%
Murphy Oil 20%
Prospectivo Óleo

 

Última atualização em 2017-10-20T11:30:14

Downloads


Apagar este documento do carrinho
Limpar Lista Baixar Documentos