Arraial do Cabo recebe com festa projeto “Arte e Meio Ambiente”

A Queiroz Galvão Exploração e Produção, em parceria com o Projeto Portinari, dá continuidade à itinerância do projeto "Arte e Meio Ambiente" com a inauguração da exposição em Arraial do Cabo. Na cidade, o quinto município fluminense a receber o projeto em 2013, a caravana permanece até 17 de agosto, no Centro Cultural Manoel Camargo.

Com um coquetel organizado pela Superintendência de Cultura do município, a abertura da exposição realizada na noite de quinta-feira (8/8), contou com cerca de 60 pessoas entre autoridades, imprensa, representantes das escolas municipais e membros da comunidade local. Mas, foi no dia seguinte que as crianças chegaram ao espaço para o contato com as obras de Portinari.

Segundo o superintendente de cultura, Fernando Rezende, são esperadas 800 crianças da rede municipal, com idade entre 6 e 12 anos. Para ele, o grande legado desse projeto é a relação traçada entre a arte e a educação. "A exposição é muito bonita e nos honra receber em Arraial do Cabo as obras deste grande pintor brasileiro, mas, o mais importante são os conceitos a serem apresentados aos nossos professores, é a educação por meio da arte", ressalta.

Rezende ainda explica que serão capacitados cerca de 30 professores de oito escolas municipais durante a passagem de "Arte e Meio Ambiente" pela cidade. "Optamos por priorizar escolas que atendam, principalmente, alunos de quinto e sexto anos, por termos detectado a necessidade de reforçar as atividades que desenvolvam os conhecimentos ambientais dos alunos."

Para a coordenadora do Projeto Portinari, Suely Avellar, que acompanha as viagens do projeto pelos municípios, é uma felicidade ter a constatação, por parte das secretarias de educação dos locais já visitados, de que "Portinari é o artista brasileiro mais estudado nas escolas, graças ao projeto itinerante".

Em 2013, "Arte e Meio Ambiente" já esteve nas cidades de Duque de Caxias, Bom Jesus de Itabapoana, Maricá e São Francisco de Itabapoana, capacitando 128 professores de escolas públicas e recebendo mais de dez mil visitantes. Ainda neste ano está prevista a ida do projeto para Macaé, Paraty, Cabo Frio, Farol de São Tomé e São João da Barra.

A QGEP é patrocinadora do projeto desde 2011, quando iniciou a itinerância de "Arte e Meio Ambiente" no sul da Bahia. Em 2012, a exposição foi levada para a Rio+20, permanecendo no Rio de Janeiro até dezembro.


Atualizado em 2014-01-07T20:00:00

Downloads



Apagar este documento do carrinho
Limpar Lista Baixar Documentos