QGEP anuncia que a perfuração de Carcará Noroeste confirmou potencial de óleo leve na descoberta de Carcará

A QGEP Participações S.A. ("QGEP", "Companhia", BM&FBovespa: QGEP3) anuncia que a perfuração do poço Carcará Noroeste ("Carcará NW"), terceiro poço perfurado na descoberta de Carcará, confirmou a presença de óleo leve nos reservatórios do pré-sal. A descoberta de Carcará está localizada em águas profundas da Bacia de Santos no Bloco BM-S-8.

A perfuração do Carcará NW foi realizada com sonda equipada com Managed Pressured Drilling (MPD) e atingiu a profundidade final de 6.405 metros. Este poço comprovou a descoberta de óleo de boa qualidade com 31º API e livre de contaminantes (CO2 e H2S), em reservatórios carbonáticos com excelentes características, tendo constatado uma expressiva coluna (gross pay) de 318 metros de óleo.

Adicionalmente, como nos poços anteriores, o Carcará NW não identificou o contato óleo/água. Considerando os dados disponíveis das três perfurações já realizadas, a coluna de óleo da acumulação é de pelo menos 530 metros.

Os dados obtidos com a perfuração do Carcará NW confirmaram o modelo geológico utilizado para a área. Os poços de extensão apresentam excelentes reservatórios conectados aos do poço descobridor como indicado pela análise das pressões, sugerindo, portanto, que se trata da mesma acumulação de óleo.

Carcará NW é o terceiro poço perfurado na estrutura da descoberta de Carcará, após a perfuração do poço de extensão Carcará Norte e do poço descobridor. Carcará NW está localizado a aproximadamente 5,5 km a noroeste do poço pioneiro em lâmina d´água de 2.024 metros à cerca de 226 km do litoral do estado de São Paulo.

Prosseguindo com as operações previstas no Plano de Avaliação de Descoberta (PAD) de Carcará, nos próximos dias será iniciada a avaliação da produtividade dos reservatórios do pré-sal por meio de testes de formação no poço Carcará Norte, cuja perfuração foi concluída recentemente. Esta operação permitirá avaliar as características dos reservatórios, dos fluidos e da capacidade de produção, provendo ao consórcio informações fundamentais para a continuidade das operações no Bloco BM-S-8, bem como para o planejamento da infraestrutura de produção dessa descoberta.

A Queiroz Galvão Exploração e Produção S.A. possui 10% de participação no Bloco BM-S-8. A Petrobras é o operador com 66% e os outros membros do Consórcio incluem a Petrogal Brasil Ltda., com 14%, e a Barra Energia do Brasil Petróleo e Gás Ltda., com 10% de participação.

Para informações adicionais, favor entrar em contato com a área de Relações com Investidores da Companhia.

Para acessar o documento, clique aqui.


Atualizado em 2015-09-29T12:51:03

Downloads



Apagar este documento do carrinho
Limpar Lista Baixar Documentos